Geoprocessamento na eficiência da gestão pública da Prefeitura de Catanduva (SP)

Os serviços de geoprocessamento da DRZ Geotecnologia estão sendo aplicados na modernização da gestão tributária da Prefeitura de Catanduva (SP). A empresa venceu a licitação, em consórcio com a SAI, empresa especializada em serviços aeroespaciais, para fazer a atualização das bases cartográficas e cadastrais do Município, fornecendo cobertura aerofotogramétrica digital das áreas urbanas e de expansão, aproximadamente 98 km², abrangendo 70 mil imóveis.  Os recursos foram obtidos por meio do Programa de Modernização da Gestão Tributária e Gestão dos Setores Básicos (PMAT), do BNDES.

A Prefeitura terá em mãos informações atualizadas das reais demandas do município.  “A base cartográfica é a base para o Cadastro Técnico Municipal e para um Sistema de Informações Geográficas (SIG). Assim, quanto mais precisa e atualizada, mais eficiente será o CTM e, consequentemente, mais justa será a tributação para a população, pois será calculada em representação precisa e atual de cada propriedade”, afirma o gestor de Geotecnologias da DRZ, engenheiro cartógrafo, Anderson de Aguiar.

O levantamento aerofotogramétrico de altíssima resolução foi realizado com GSD de 10 cm, gerando ortofotos digitais, coloridas RGB, na escala 1:1.000. Abaixo, à direita, ortofoto do Bairro Parque Res. Agudo Romão II – Foto aérea obtida por câmera métrica e ortorretificada com Modelo Digital do Terreno por Perfilamento Laser;  à esquerda, vista aérea da Nuvem de Pontos obtidas por perfilamento laser 4 pontos por metro quadrado.

 

 

 

A partir das imagens, a DRZ Geotecnologia fará os serviços de geoprocessamento para recadastramento imobiliário; desenvolvimento, importação de dados, implantação e fornecimento perpétuo de acesso para o Sistema de Informação Geográfica (SIG), específico para a Prefeitura; vetorização da planta em DWG, contendo toda a base cartográfica digital, incluindo inventário de árvores e de postes de iluminação pública; fornecimento de foto da fachada de todos os imóveis prediais do município; treinamento aos usuários do SIG.

2 comentários
  1. André
    André
    25/03/2019 até 8:13 pm

    Maravilhoso, eu acho que a prefeitura deu mais um passo a frente.

    Responder
    • Erika Pelegrino
      Erika Pelegrino • Autor do artigo •
      26/03/2019 até 12:08 pm

      Obrigada pela participação, André.

      Responder
Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *