Confins utiliza tecnologias DRZ Geotecnologia em seu projeto de cidade inteligente

Secretária de Administração de Confins (MG), Eliana Viana, no II Fórum de Cidades Digitais

 

Com o projeto “Confins: cidade inteligente e conectada com o mundo”, a Prefeitura está engajada na transição para a gestão pública inteligente. Consequentemente, está investindo em soluções inovadoras para a melhoria na gestão e eficiência no serviço público e atendimento ao cidadão. As tecnologias que vem utilizando foram apresentadas pela secretária de Administração, Eliana Viana, no II Fórum de Cidades Digitais, realizado em Contagem (MG). Entre elas, a Plataforma de Gestão Inteligente – Maptriz, da DRZ Geotecnologia.

“Esta ferramenta é uma das mais importantes hoje no Município para o planejamento da gestão pública”, disse Eliana Viana, durante sua apresentação. As tecnologias e serviços de geoprocessamento da DRZ Geo foram aplicados para amplo levantamento territorial, com cartografia digital, mapeamento ambiental, mapeamento móvel terrestre, inventário de patrimônio público, que permitirão o planejamento de ações em áreas multidisciplinares. Uma Mapoteca Digital, disponibilizada em ambiente de cidade inteligente, garantirá o acesso simplificado às informações.

Cadastro Multifinalitário

“Um dos grandes ganhos que teremos com esta Plataforma é o cadastro multifinalitário, que integra informações e dados de diversos setores: saúde, educação, assistência social e várias outras. Saberemos quem são os moradores de determinada residência, se tem criança em escola pública, se são atendidos pelo bolsa família, se têm filhos em escola pública, em qual unidade de saúde são atendidos. Ter todas estas informações integradas é essencial para a definição de políticas públicas”, disse a secretária. “É uma ferramenta muito robusta, que vai nos auxiliar muito no nosso projeto de cidade inteligente e conectada com o mundo.”

Exemplo de Gestão Pública Inteligente

Confins se torna um exemplo de gestão pública inteligente. “Estamos auxiliando diversos municípios brasileiros nesta transição, e vemos as dificuldades que os gestores públicos encontram em compreender as ferramentas que estão disponíveis hoje para este objetivo. Ver um município como Confins, que já compreendeu a importância da gestão inteligente e contribuir com nossas soluções, é realmente muito gratificante”, diz o diretor-geral da DRZ Geotecnologia, Agostinho de Rezende.

Estado de Minas Gerais fomenta o setor de tecnologias

Durante o II Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana de Minas Gerais, promovido pela Rede de Cidade Digital, em parceria com a prefeitura de Contagem, o subsecretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação de Minas Gerais, Victor Becho, apresentou o planejamento estadual para fomentar o setor. “O desenvolvimento econômico, diante do cenário atual de Minas Gerais, é 100% baseado em tecnologia, inovação e empreendedorismo. Precisamos vencer os desafios para criar condições de novos empreendedores trabalharem aliados ao ramo da pesquisa e das empresas que já estão no mercado. Temos capacidade para isso. Precisamos digitalizar cada vez mais as nossas cidades principalmente no entorno da região metropolitana.”  O Fórum reunião gestores de mais de 20 municípios da Região Metropolitana de BH em busca de soluções inovadoras para gestão pública.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *