Uberaba (MG) - 17/03/2017

Estudo de viabilidade técnica e econômica dará segurança para incorporação de serviços pelo CODAU

A DRZ está elaborando um estudo de viabilidade técnico-financeira para o Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento (CODAU) de Uberaba (MG) assumir os serviços de resíduos sólidos/limpeza urbana e drenagem e manejo de águas pluviais, hoje sob responsabilidade da Prefeitura. Além de demonstrar a viabilidade técnica e financeira dessa incorporação, serão definidas ações e estratégias para escolha do melhor modelo de gestão e remuneração para operacionalidade dos serviços, minimizando riscos.

“O estudo será um instrumento para subsidiar o CODAU sobre todas as variáveis dessa incorporação, considerando os impactos financeiros, mas também o princípio da eficiência e eficácia de processos estabelecidos pela Lei Federal 11.445/2007 e pelo Plano Municipal de Saneamento Básico", diz a consultora da DRZ Virgínia Dias.

As projeções financeiras do CODAU, diante do impacto da incorporação dos serviços, serão feitas para os próximos quatro anos. “Nesta etapa serão definidos os investimentos iniciais, a curto, médio e longo prazos; projeção dos resultados, despesas administrativas, despesas com pessoal, produção, insumos e manutenção; receitas, impostos e taxas, projeção de fluxo de caixa, análises de investimentos, análises de sensibilidades, com projeções de cenários alternativos para avaliar riscos e ameaças dos modelos escolhidos”, explica Virgínia Dias. 

O estudo trará ainda: contextualização dos serviços de saneamento básico; caracterização e forma de execução dos serviços; administração e gestão do saneamento; plano financeiro; construção de cenários; cronograma. A equipe DRZ já esteve em Uberaba para uma série de reuniões nas quais foram solicitados os dados junto às diretorias e gerências do CODAU e da Prefeitura, agora aguarda as informações para realização do estudo.

MAIS NOTÍCIAS