Municípios do PR (PR) - 13/01/2017

DRZ entrega planos diretores de Jaboti, Rio Branco do Ivaí e Salto do Itararé


Entrega do PDM de Rio Branco do Ivaí.


Conferência de apresentação do PDM de Salto do Itararé.


Conferência de apresentação do PDM de Jaboti.

Mais três municípios do Paraná já possuem a legislação urbana necessária para nortear o desenvolvimento sustentável. A equipe DRZ entregou os planos diretores municipais (PDM) de Jaboti, Salto do Itararé e Rio Branco do Ivaí.  Os documentos possuem cinco vertentes: proteção e preservação ambiental; serviços públicos, infraestrutura e saneamento ambiental; desenvolvimento socioeconômico; desenvolvimento institucional e gestão democrática; desenvolvimento e ordenamento físico territorial.

"Em cada vertente foram definidas diretrizes e proposições necessárias que, divididas em curto, médio e longo prazos, atendem a prioridade de ação de abrangência social, seguida de custo de investimento e manutenção, capacidade técnica de execução e atendimento dos objetivos do PDM", explica a gestora da DRZ, arquiteta e urbanista Márcia Bounassar.

Em Jaboti, o poder público terá que investir quase R$ 18 milhões para desenvolver 242 ações nas cinco vertentes. Os investimentos estimados para implementação de 344 ações, em Rio Branco do Ivaí, serão de R$ 19 milhões. Já em Salto do Itararé, o poder público precisará desenvolver 233 ações, que exigirão pouco mais de R$ 9 milhões. Estas ações visam mitigar os diversos riscos a que se expõe uma cidade que cresce e se desenvolve sem planejamento, como: estagnação do desenvolvimento; surgimento de ocupações irregulares; depredação dos recursos naturais; sobrecarga nos sistemas de infraestrutura urbana, crescimento desorganizado; entre outros.

“Além do estudo com as ações e investimento, também foram propostas as minutas de lei que fazem parte do PDM, Lei do Plano Diretor, Lei do Perímetro Urbano, Lei do Sistema Viário, Lei de Uso e Ocupação do Solo, Lei do Parcelamento, Código de Obras e Código de posturas”, afirma Márcia Bounassar.

MAIS NOTÍCIAS