Uraí (PR) - 15/09/2016

Município deverá investir mais de R$ 190 mil para recuperação de área de antigo lixão


PRAD do antigo lixão de Uraí, elaborado pela DRZ, traz 17 ações que deverão ser implantadas para recuperação da área.

Para fazer a recuperação do antigo lixão de Uraí (PR), área de 2,64 ha, o Município terá que investir R$ 192.860,26 em 17 ações. Entre elas: cercamento da área; instalação de placas de aviso de área desativada; escavação das valas para implantação do sistema de drenagem de águas pluviais; instalação de calhas de drenagem; instalação de poços de monitoramento das águas subterrâneas; aquisição e plantio de mudas; licenciamento da área para implantação do depósito de galhada; monitoramento da área recuperada. O Plano de Recuperação de Área Degradada (PRAD), entregue pela DRZ, traz um detalhamento destas e de outras ações e dos custos de implantação.

Para identificar as soluções para mitigação dos impactos, incluindo o monitoramento da água, solo e de gases, a equipe DRZ fez um diagnóstico das condições de degradação ambiental da área. O gestor da DRZ, Agenor Martins Júnior, explica que, de acordo com a Lei Federal 12.305/10, os planos nacional e estadual de resíduos sólidos devem ter metas para a eliminação e recuperação de lixões e áreas degradadas por disposição inadequada de resíduos sólidos ou rejeitos. “O PRAD é um importante instrumento para a recuperação destas áreas e de gestão ambiental”, diz. “Com a sua elaboração, o prefeito Sérgio Pitão tem um estudo minucioso e detalhado para a recuperação desta área e seu encerramento de acordo com o que prevê a legislação.”

MAIS NOTÍCIAS