Caso não esteja visualizando corretamente esta mensagem, acesse este link.
Se não deseja mais receber este informativo, envie um e-mail para news@drz.com.br com o assunto "cancelar news".
Fevereiro 2016
Município investe em planos Diretor, de Mobilidade Urbana e de Resíduos

Em sintonia com o conceito atual de desenvolvimento sustentável, Manhuaçu (MG) trabalha para definir as bases e instrumentos legais da política urbana do Município. Para isso, a DRZ foi contratada, por meio de licitação, para fazer a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), juntamente com Elaboração da Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo, Atualização do Código de Obras e Edificações (Lei 2169/1999), Atualização do Código de Posturas (Lei 1241/1978). A empresa também vai elaborar o Plano de Mobilidade Urbano e o Plano de Gestão de Resíduos Sólidos, além da validação da Minuta do Código Ambiental de Manhuaçu.

"É um sonho nosso fazer esse planejamento urbano. Agora contamos com o apoio de todos para, junto com a DRZ, pensarmos no mais moderno e viável para Manhuaçu, de acordo com nossas características, cultura e necessidades", afirma o prefeito Nailton Heringer. O PDM do Município foi aprovado em 2006, mas precisa ser aperfeiçoado estabelecendo as condições para os seus instrumentos sejam executados, entre eles macro e microzoneamento e as legislações adequadas..

  "É um sonho fazer este planejamento urbano", diz prefeito Nailton Heringer.

O diretor presidente da DRZ, Agostinho de Rezende, afirmou que a empresa vai levar para mais este trabalho, toda a sua técnica e experiência. “Com isso, queremos buscar, junto com o Município, as melhores e mais adequadas alternativas para o desenvolvimento sustentável da cidade e torná-la ainda mais agradável para seus moradores.”

Com a revisão e a elaboração dos três Planos, a Prefeitura terá instrumentos que darão as diretrizes para a implementação de ações nos setores mais sensíveis para o desenvolvimento sustentável: resíduos sólidos, espaço viário, planejamento do ambiente urbano. O PDM trará, entre seus conteúdos mínimos previstos em lei, as ações e medidas para assegurar o cumprimento das funções sociais da cidade, considerando o território urbano e o rural.

O Plano de Mobilidade Urbano, integrado ao Plano Diretor, incorpora os novos princípios de uma mobilidade mais sustentável, planejada para atender as necessidades de locomoção das pessoas, com foco em modos alternativos e coletivos de transporte. E com o PGIRS, Manhuaçu, estará investindo no instrumento para a gestão dos resíduos sólidos, necessário para a obtenção de recursos junto à União para investir em obras no setor